O PODER DO PERDÃO

O Propósito da Igreja em sua vida, qual é?
setembro 13, 2018
Vivendo na Luz!
outubro 20, 2018

II Co 2: 10-11 “E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; pois, o que eu também perdoei, se é que alguma coisa tenho perdoado, por causa de vós o fiz na presença de Cristo, para que Satanás não leve vantagem sobre nós; porque não ignoramos as suas maquinações.”

Sabemos que a dor causada por alguém é muitas vezes incomensurável, principalmente quando este alguém é próximo, seja um pai, uma mãe, um filho, ou até mesmo atos cometidos pelo marido ou pela esposa.

Muitas vezes está dor que nos são causadas só podem ser neutralizadas pela ação do Espírito Santo. Uma difícil tarefa é trabalharmos o perdão em nossas vidas, devido as sequelas ou até mesmo devido aos atos que está pessoa comete no convive diário nos remete ao momento da dor.

Existe duas formas, a primeira é a pessoa ter em mente que precisa mudar de atitude para que possamos prosseguir na cicatrização da dor.

A outra independe da pessoa, cabe a nós buscarmos forças através do Espírito Santo, o consolador para gerar em nossos corações o perdão.

Estes dois exemplos são os primeiros passos para que o PERDÃO comece a ser trabalhado nos corações que muitas vezes são dilacerados pela dor.

Quando deixamos de perdoar, talvez um pequeno desentendimento, estamos dando legalidade para a destruição de nossas famílias.

Faça uma reflexão e feche a brecha deixada por não ter perdoado, pois o perdão traz comunhão e restauração.

E para que Deus também venha a nos perdoar, pois somos homens falhos, libere perdão.

E assim todas as obras malignas serão neutralizadas em nossas famílias.

Deus os abençoe e os guarde debaixo da Graça.

Prs Alexandre e Rosileni Mansano

Obrigado! Deus lhe abençoe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.