MATE SEU MONSTRO!

BATALHAS ESPIRITUAIS COMO VENCE-LAS!
novembro 4, 2017
A esperança de um ano melhor!
dezembro 25, 2017
A Palavra diz:

“Antes, bem aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam”! Quantas vezes já ouvimos mensagens que falam sobre isso: Guardar a Palavra de Deus. Obedecer! Mas será que realmente cumprimos as escrituras em nossas vidas? Será que realmente aplicamos em nossas vidas os ensinamentos de Jesus?

Vejamos aqui hoje, apenas um único exemplo onde muitos cristãos falham e tropeçam ao tentar cumprir:

O perdão.

Jesus nos ensina a perdoar… Sempre! Mas nós realmente colocamos isso em prática? Quando a sogra fala alguma coisa que magoa, isso é imediatamente perdoado? Quando a cunhada ou o cunhado faz algo que ofende, isso é imediatamente perdoado? Quando seu cônjuge faz algo que decepciona, isso é perdoado? Jogado no mar do esquecimento e nunca mais mencionado entre os dois? As ofensas sofridas por outra pessoa seja ela da família, do círculo de amigos ou mesmo de um estranho, são perdoadas e esquecidas com facilidade?

Algumas pessoas enterram mágoas como se enterrassem monstros. Cavam um buraco na alma e jogam o “bicho” lá dentro. Mas não o matam. Não liquidam o problema. Não perdoam verdadeiramente. Enterram-no vivo! Em alguns dias ou semanas aquele animal (mágoa) salta para fora e faz o mesmo estrago que fez anteriormente, ou às vezes até pior! Só jogar a mágoa no fundo do baú não resolve nada. Ela tem de ser liquidada. Resolvida. Posta de lado. Definitivamente perdoada!

Algumas pessoas tem tanta mágoa guardada em seus corações… São colecionadores de ofensas! Já não há mais espaço em suas vidas para tanta mágoa, tanta dor, tanto ressentimento… Monstros que foram enterrados vivos e eventualmente saem da cova e saltam sobre a sua vítima e a devoram por vários dias… É isso que acontece quando você guarda mágoas… Elas voltam para te torturar e devorar constantemente. E o alimento da mágoa é esse: O ressentimento. A lembrança constante do mal sofrido. A vida que se esvai como que por entre os dedos pelo mal que lhe causaram.

Perdoe. Mate esse monstro de uma vez por todas. Não basta jogar terra em cima, nem mesmo escondê-lo no porão. Ele tem de ser destruído. Morto. Esquecido. E isso, só o perdão é capaz de fazer. Jesus nos ensina a perdoar para que nós também sejamos perdoados. Na oração do Pai Nosso Ele diz: “Perdoe as nossas ofensas assim como nós perdoamos aos nossos ofensores” (grifo dos autores). Perdoe ao seu ofensor assim como Deus lhe perdoa em Cristo. Independente de essa pessoa ter lhe pedido perdão ou não, o seu perdão não pode depender de um pedido de desculpas, e sim, da força que o Espírito Santo lhe dá para perdoar e esquecer a dor que lhe causaram.

Não faça da sua alma um depósito de monstros vivos e horrendos que teimam em lhe atacar e que podem lhe destruir se forem alimentados constantemente. Entregue isso ao Senhor, confie a sua dor Aquele que pode curá-la. Entregue essa mágoa, essa dor ao Senhor e deixe que Ele opere o milagre da restauração na sua vida. O milagre da cura. O milagre da vida.

Deus lhe abençoe, em Nome de Jesus!

Prs Alexandre e Rosileni Mansano

Obrigado! Deus lhe abençoe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.