MULHER SENSUAL (PARTE l )

O PODER DA ORAÇÃO
outubro 24, 2016
REFLETINDO NA FAMÍLIA A IMAGEM E SEMELHANÇA DE CRISTO PARTE I
outubro 26, 2016

Vivemos em um mundo de idolatria sensual. A televisão, as revistas, anúncios gigantes em todos os cantos , exaltando e proclamando a sensualidade como um objetivo a alcançar.

O mais triste de tudo isso, não é o fato da sensualidade estar em todos os lugares, pois a Palavra de Deus diz que este mundo jaz nas mãos do maligno, então é óbvio que não podemos esperar valores e decência de um mundo caído e decadente. O triste mesmo, é que esse pecado está se infiltrando no meio cristão! Mulheres cristãs e comprometidas com Deus, que amam o Senhor e desejam servi-Lo, estão perdendo o referencial de conduta cristã feminina.

Não estou fazendo aqui uma apologia ao legalismo instituído em muitas Igrejas e que ao meu ver, tem sido nocivo para as mulheres, pois as impede de se relacionarem de forma sadia com o seu próprio corpo, subjugando a sua auto –estima á indiferença. Me refiro aquelas que desejam seguir o Senhor Jesus, mas se vêem  arrastadas por uma sociedade perversa e pervertida, que tem pregado para o sexo feminino, que se não exaltar a sensualidade, será vista como antiquada, inadequada e inferior.

Não é propósito de Deus que as Suas filhas se pareçam com as filhas do mundo. Nem tão pouco que se anulem e percam a sua identidade quanto mulheres. Mas vamos analisar primeiramente, a questão da sensualidade. Sempre que uma mulher se veste para chamar a atenção de outras pessoas para o seu próprio corpo, seja com um decote acentuado, uma calça justa ou saia curta, ela está incorrendo no pecado da sedução. Não é da vontade de Deus que as Suas filhas se coloquem numa posição de “objeto”, assemelhando-se á mulheres ímpias. A Palavra de Deus diz em 1 coríntios 6.18, que devemos “fugir da impureza”. A impureza não é da natureza de Deus. Não podemos ser templos do Espírito Santo e andarmos como mulheres pagãs e idólatras da sua própria imagem.

Como mulheres tementes ao Senhor, e desejosas de obedecer e honrar o nosso Deus, devemos ter discernimento e bom senso ao nos vestirmos. Pois as nossas vestimentas  revelam o coração que temos. Nenhuma mulher cristã deseja ser confundida com uma mulher ímpia. Mas como podemos nos vestir de maneira que possamos nos sentir belas, preservarmos a nossa auto- estima, e ainda assim, demonstrarmos ao mundo que somos diferentes?

 Segue estudo MULHER SENSUAL (parte ll)

Obrigado! Deus lhe abençoe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.