NATAL, TEMPO DE GUERRA!

COMO DIAGNOSTICAR SEUS FRACASSOS !
dezembro 6, 2016
2017 SERÁ UMA COLHEITA FARTA E FELIZ! (Parte 1)
dezembro 27, 2016

Final de ano. Época onde a grande maioria das pessoas se sente mais ligada à família, aos amigos… A grande maioria das pessoas se sente mais sensível e tolerante. Todos se esforçam para cooperar criando um clima de paz, alegria, tranqüilidade e harmonia nos ambientes que os cercam…

Natal, tempo de paz. Dizem todos.

Mas vamos à realidade:

– É fácil reunir toda a família em torno da mesa, para compartilhar uma refeição?

– É fácil fazer com que os filhos adolescentes esqueçam, mesmo que por alguns minutos, os seus telefones celulares e seus computadores, e se sentem com seus pais ou avós para conversar um pouco?

– É fácil marido e mulher separarem um tempo só para si, compartilhando sonhos, projetos, medos e frustrações ou apenas conversando sobre todos os desafios que já superaram juntos e venceram, apesar das dificuldades?

– É fácil conseguir manter a casa organizada, as contas pagas em dia, os filhos limpos e alimentados, comparecer a todos os compromissos sem atraso, ser um bom chefe ou o “funcionário do ano” na empresa, ser uma boa mãe, pai, ou filho, manter a família unida e todos com relações cordiais entre si?

Não caros irmãos em Cristo Jesus. Não é fácil.

 As pessoas fazem no Natal, aquilo que deveriam fazer durante todos os dias do ano. Lutar por um lar mais feliz, acolhedor e pacífico. Vejam que usei o verbo “lutar”. Sim irmãos. Ser feliz é luta! Manter os filhos por perto, é luta; servir as refeições à mesa e conseguir com que todos participem da mesma, é luta; reservar um tempo para seu cônjuge, de modo a namorá-lo por uma vida inteira, é luta; ser um pai que não perde a paciência, ou ser uma mãe que está sempre com um sorriso no rosto e com uma palavra doce em seus lábios, ou ser um filho que sabiamente, sempre ouve o conselho de seus pais… é luta; ser um chefe positivo, incentivador do potencial da equipe, que não se irrita, ou ser um empregado que trabalha “como para o Senhor” todos os dias com eficiência e otimismo, ou ser um pastor que está sempre pronto a ouvir e ajudar… é luta; ser um marido que está sempre colocando em prática o mandamento do amor com sua esposa, ou ser uma esposa que busca respeitar seu marido e sujeitar-se a ele como ao Senhor…é luta; reservar um tempo para Deus, para ficar na presença do Senhor, fazer o devocional, orar e ler a Bíblia, é luta!

Sim amados irmãos. Nós fazemos no Natal, aquilo que deveríamos fazer sempre: Lutar para que todos se sintam felizes e valorizados em nossa casa. Lutar para que a família permaneça unida e forte. Lutar para ser um marido, uma esposa, um pai ou uma mãe, segundo o coração de Deus. Lutar para ser um chefe melhor, um funcionário melhor, um amigo melhor, um pastor melhor, um filho melhor, um irmão melhor… Lutar para que o ambiente de trabalho seja um local de paz e coleguismo. Lutar para crescer espiritualmente. Lutar para crescer em fé e sabedoria…

Como podemos ver amados… O Natal é só uma amostra do que deveria ser o ano. Um esforço conjunto e contínuo para não perder aquilo que temos de mais precioso – aqueles que amamos- para satanás. Deus nos deu presentes preciosos. Muitas vezes só nos lembramos deles, no Natal. Pais, filhos, irmãos, amigos… Manter esses “presentes” perto de nós, próximos ao nosso coração, fazer com que se sintam valorizados, amados e especiais por existirem em nossas vidas, cabe a nós. É luta. Demanda tempo e energia. Duas moedas que muitas vezes não estamos dispostos a negociar. Nem mesmo por aqueles que dizemos amar imensamente…

Separar um tempo do nosso dia para ficar na presença do Senhor. Apenas em gratidão e adoração, por todos os presentes preciosos que ELE nos deu, incluindo Seu amado Filho, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, requer negociar as moedas do ‘tempo’ e ‘energia’…

Você está disposto a fazer do próximo ano, uma extensão do “espírito de Natal” em sua vida? Está disposto a estender a sua boa vontade, o seu carinho, amor, amizade e alegria a todos aqueles que convivem com você diariamente? Está disposto a ser um marido melhor? Um pai melhor? Está disposta a ser uma esposa melhor? Uma mãe melhor? Ou talvez, um filho melhor? Está disposto a ser um chefe, um funcionário, um amigo, um membro da sua igreja, melhor? Está disposto a ser um servo do Deus Altíssimo, melhor? Você está disposto a ser alguém melhor? Então se prepare, porque isso significa lutar! E se lutamos, é porque estamos em guerra. Guerra contra o inimigo das nossas almas. Guerra para se manter firme e inabalável em tempos difíceis e de aflição. Guerra para alcançar a vitória por meio do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Se você está se esforçando para proporcionar um Feliz Natal a todos… Então se esforce mais um pouco, e estenda a sua boa vontade para todo o ano que está para iniciar em poucos dias. Estenda essa boa vontade para os próximos dias da sua vida. E por toda a sua vida. Saiba que uma vez alistado no Exército do Senhor, batalhas serão travadas todos os dias. Pela sua vida, pela vida de sua família… Pela vida daqueles que você ama. Se quisermos vencer essa guerra, que o inimigo de nossas almas luta contra nós, todos os dias… Então precisamos nos armar corajosamente. Revestir-nos com a poderosa armadura do Espírito Santo, e ir à luta!

“Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz, tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos” (Efésios 6.13,18).

Natal é tempo de guerra irmãos. E é só o começo!

Boa guerra a todos, com vitória no Senhor Jesus, para todos nós!

Deus abençoe a sua vida.

Prs. Alexandre e Rosileni Mansano.

Obrigado! Deus lhe abençoe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.