Compartilhe

Efésio 5: 25-27 “Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, a fim de a santificar, tendo-a purificado com a lavagem da água, pela palavra, para apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.”

Para refletirmos a Imagem de Cristo em nossa Família devemos:

Portanto, aos maridos cabe:

Amar incondicionalmente,pois devemos nos assemelhar a Cristo. Amor este que deve ser de entrega total, assim como Jesus fez para com a Igreja. Quando praticamos esse amor incondicional ou sacrifical, estamos santificando a nossa esposa. Muitos homens quando casam, casaram-se para serem supridos de certas necessidades, ou casaram-se para suprir as necessidades da esposa.

Entretanto o amor incondicional que devemos ter por nossas esposa vai muito além disso.

Pois amados irmãos, o que acontecerá se não tivermos mais como suprir as necessidades um do outro? Digo isso, pois por algum motivo no transcorrer da nossa vida, algo pode acontecer, um acidente, uma doença, etc… e as necessidades deixarem de ser supridas. E se o que mantinha o casamento era apenas a satisfação das necessidades um do outro, como este casamento persistirá?

Por isso o amor incondicional e sacrificial, deve estar além da satisfação das necessidades um do outro, deve ser um amor onde aconteça o que acontecer, devemos ter a responsabilidade perante Deus de cuidar da filha DELE que Ele mesmo nos confiou. Tornando nos assim, semelhantes a Cristo, que deu a sua própria vida por todos nós!

Pr. Alexandre


0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.