SEU ÚLTIMO DIA DE VIDA…

FUGIR PARA NÃO CAIR…
julho 4, 2018
QUAL TEM SIDO O MAIOR DESAFIO DO SÉCULO 21?
julho 23, 2018

Ansiedade

“Lançando sobre ELE toda a vossa ansiedade, porque ELE tem cuidado de vós”(I Pedro 5.7).

Todos nós conhecemos esse sentimento: Ansiedade. Ele nos é familiar. Ficamos ansiosos com o dia de amanhã… O que nos assusta, é o fato de não termos o controle da nada, absolutamente nada, em nossas mãos.

Vou manter o emprego, ou não?

Estou na lista de cortes da empresa, ou não?

Vou encontrar um emprego que me permita sustentar a família ou custear os meus estudos?

Terei dinheiro o suficiente para pagar o aluguel?

Conseguirei pagar todas as contas este mês?

Como faço para comprar os remédios que preciso?

Como pagar a faculdade das crianças?

Será que vai dar para comprar a casa?

Vou conseguir mandar consertar o carro?

Tenho certeza de que você é capaz de colocar mais alguns itens nesta lista. Todos nós temos necessidades que precisam ser supridas. Mas a Palavra de Deus nos diz que devemos lançar toda a nossa ansiedade sobre Jesus!

Como isso é possível?

E a Palavra de Deus não diz: “algumas ansiedades”… Não!  A Palavra de Deus diz: “Toda a nossa ansiedade”!!!

Veja o que Jesus disse a respeito disso no sermão da montanha:

“Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário. Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas? Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura? E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam; contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso. Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Mt 6. 25-33.

Jesus nos diz que não devemos nos preocupar com nada! Mas buscarmos o reino dos céus e sua justiça e todo o resto nos será acrescentado… Pois Deus sabe que necessitamos de tudo isso…

É exatamente aí que nós tropeçamos. Agimos como se Deus não soubesse do que precisamos. Agimos como se tudo dependesse unicamente de nós mesmos. E na verdade, não somos capazes de absolutamente nada sozinhos. Pois de que maneira conseguiríamos acrescentar um minuto a mais a nossa vida?

Pense

Já parou para pensar que a sua vida, o ar que você respira, os batimentos cardíacos… Todo o funcionamento do seu ser… Não dependem de você?

Já parou para analisar que se Deus decidisse que hoje é o seu último dia de vida, você não poderia fazer absolutamente nada?

Se Deus decidisse que hoje, apesar de todos os compromissos que você tem, de todo o trabalho que lhe espera, da agenda lotada, dívidas para pagar, problemas para resolver, filhos para criar e encaminhar… Apesar disso tudo… De tantos compromissos e pendências…

Deus poderia decidir que este é o seu último dia de vida sobre a terra…

Agora pense apenas por alguns minutos…

Se hoje fosse esse dia. Seu último. Você gostaria de estar gastando as preciosas horas que ainda lhe restam, dessa maneira? Se este fosse o seu último dia de vida, você está vivendo-o como gostaria de viver esse “último dia”?

Está dando prioridade ao que realmente importa e deixando Deus agir e fazer aquilo que só ELE pode fazer?

Ou você está tentando ser “deus” em sua vida e fazer as coisas do seu modo, a sua maneira e dentro do tempo que você considera o ideal?

E se este fosse o seu último dia de vida… As lembranças que ficariam a seu respeito,no coração de seu marido, de sua esposa, de seus filhos… São as lembranças que você realmente quer deixar?

Pense sobre isso. A Palavra de Deus nos diz que devemos lançar toda a nossa ansiedade sobre Jesus, de modo que possamos viver a vida e ocuparmos cada minuto da nossa curta existência com aquilo que realmente importa: Aqueles que amamos.

Busque

Buscar o Reino de Deus significa ensinar os nossos filhos os caminhos da Vida Eterna. Significa cumprir o propósito de Deus como esposa e como marido na vida de nosso cônjuge. Significa doar tempo, amor e serviço na obra do Senhor.

Se este fosse o seu último dia de vida… Você o viveria de forma diferente?

Só mais uma pergunta…

E se este for o seu último dia de vida?

Deus lhe abençoe, em Nome de Jesus.

Pastores Alexandre e Rosileni Mansano

Obrigado! Deus lhe abençoe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.