UM PRESENTE “GRANDE DEMAIS”

ENCONTRANDO A PESSOA CERTA
outubro 4, 2016
BELEZA IRRESISTÍVEL
outubro 5, 2016

“Quero um presente, respondeu ela. Já que me deu terras no Neguebe, dê-me também fontes de água” (Josué 15.19a).

 No versículo citado acima, temos o caso de Acsa, filha de Calebe. Ela pediu um presente ao pai. E recebeu.

Quando queremos agradar alguém, comemorar uma data especial ou mesmo agradecer, uma das formas que utilizamos é dando um presente. Dar um presente não é “invenção dos tempos modernos”. O Antigo Testamento cita várias ocasiões onde presentes eram enviados para agradar ou mesmo, abrandar um possível ressentimento.

-“Ano após ano, todos os visitantes traziam algum presente: utensílios de prata e de ouro, mantos, armas e especiarias, cavalos e mulas” (l Reis 10.25). Presentes dados a Salomão, em reconhecimento a grande sabedoria que Deus lhe tinha dado.

-“Porque pensava: ‘Eu o apaziguarei com esses presentes que estou enviando antes de mim’” (Gênesis 32.20b). Presentes enviados por Jacó, a seu irmão Esaú, na tentativa de agradá-lo e aplacar a sua ira (caso ainda estivesse com raiva).

O método de dar presentes para aplacar a ira, certamente não foi inventado por Jacó. Antes dele, muitos outros devem ter utilizado a mesma estratégia para “livrar a própria pele”, e acalmar a fúria de um possível inimigo. Notemos, no entanto, que apenas o ser humano, dá presentes com “segundas intenções”. Ao contrário de Deus, que quando nos dá um presente, é realmente com a intenção de nos abençoar.

Nem todos gostam de presentear… No entanto, nunca conheci alguém que não goste de ser presenteado. Assim como a filha de Calebe, nós também nos aproximamos de Deus com pedidos e mais pedidos. Desejos e mais desejos. Queremos ser atendidos. Queremos ser presenteados… No entanto, as vezes, Deus diz “não”.

Quando trouxemos o nosso filho recém nascido para casa, a nossa filha de um ano e meio insistia para pegá-lo no colo. Claro que não podíamos atender o seu pedido.  Explicações de que ainda era muito pequena, e que poderia deixar o irmãozinho cair, não eram bem vindas nem compreendidas. Apesar de suas lágrimas e insistência, não podíamos atendê-la. O seu choro nos comovia, mas ainda assim, precisávamos negar seu pedido.  O seu amor pelo irmãozinho nos emocionava, no entanto, não podíamos permitir que ela o segurasse nos braços e o levasse para brincar, como era de seu desejo. O presente era “grande demais para o seu colo”.

Às vezes agimos com Deus, como a nossa filhinha de um ano e meio agiu conosco. Queremos o presente. Achamos que temos condições de lidar com ele. Achamos que somos suficientemente grandes espiritualmente e saberemos o que fazer com ele quando o ganharmos. Mas a verdade, é que às vezes, o presente que estamos pedindo tão insistentemente ao Senhor… É grande demais para o nosso colo.

Muitas vezes questionamos os motivos de Deus não nos dar o que pedimos. Choramos em Sua Presença. Somos sinceros e verdadeiros. Nosso pedido é movido pelo mais profundo amor. E ainda assim, o Senhor diz, “não”.

Relutamos em aceitar a negativa de Deus. Gostaríamos que nosso Senhor fosse como Calebe, pai de Acsa, no versículo citado na introdução deste artigo. Simplesmente fizesse nossa vontade no momento em que nos dirigíssemos a ELE com o pedido…

Mas Deus sabe o momento certo de nos presentear. Deus sabe o momento certo de derramar as Suas bênçãos sobre a nossa vida. Talvez não estejamos compreendendo o motivo da demora. Talvez Deus esteja esperando que cresçamos mais um pouco. Quando Deus diz “não”, não significa que seja um “não” permanente. Pode ser apenas um “não ainda”. E mesmo quando o Senhor diz “não ainda”, não significa que as nossas lágrimas e insistência não comovam o nosso Senhor. Significa apenas que Deus sabe o que pode e o que não pode nos dar…

Então amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, se os seus pedidos têm sido sinceros, movidos pelo mais profundo amor, banhados em lágrimas e insistência, e Deus têm negado o seu presente, não desanime. O “não” pode ser “não ainda”. Talvez o nosso Senhor esteja apenas esperando que você cresça mais um pouco. Talvez o presente que Deus deseja lhe dar, seja grande demais para o seu colo neste momento. Apenas concentre-se em crescer. Crescer espiritualmente. Busque a presença do Senhor. Busque a face de Deus em adoração e louvor. Ore, leia a palavra de Deus, medite, tenha fé e persista na sua caminhada. Há certos presentes na vida, que temos que ter o tamanho certo, para receber do Senhor.

Deus abençoe a sua família!

Pr. Alexandre e Miss. Rosileni.

“Família, Um Projeto De Deus”

Obrigado! Deus lhe abençoe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.