Compartilhe

Refletindo sobre os filhos…

Sábado a tarde e eu estou aqui, lendo um livro, tendo meu tempo com Deus e pensando no seguinte… Amanhã é dia das mães e a maternidade é, sem sombra de dúvida a experiência que mais me mudou, meu marcou, continua me mudando, marcando e alegrando no decorrer dos anos. Filhos são um dos melhores presentes que podemos receber das mãos de Deus. Sim, há mais alguns… A salvação, um bom marido… Rsssss… Estou escrevendo isso tudo, assim, meio “embolado” e rascunhado, mas não está na ordem de importância, ou de significância. Apenas está.

O mais importante

Voltando ao tema que me trouxe aqui, para estas linhas… Amanhã é dia das mães e como toda mãe, estou feliz e emocionada. Meus filhos me homenagearam na escola, recebi bilhetes e presentinhos durante a semana toda e confesso que, quando eles chamam “mamãe” e demonstram precisar de mim, quase que o tempo todo… (Sei que para muitas mulheres esse pode ser um ponto nevrálgico, mas, mantenha o foco na leitura, não desanime irmã!!!), Sinto que sou importante para eles. Realmente sou importante par os meus filhos. Ele precisam de mim, eles necessitam de mim, me procuram durante o dia para me abraçar e se queixam de que gostariam de ter mais tempo comigo individualmente (Coisa que nem sempre é fácil conseguir, quando se trata de três crianças pequenas ainda), Me amam, demonstram isso em palavras e atitudes… Confesso que é maravilhoso ser tão necessária, tão imprescindível, tão tudo para eles. Mas, é aí que está a questão: Não podemos ser tudo para nossos filhos. Aliás, não devemos ser tudo para nossos filhos. De forma amorosa, carinhosa e habilidosa, toda mãe deve encaminhar seus filhos para Deus. Afinal, Ele sabe o que tem preparado para cada um deles. Deus estará lá, quando eu não estiver, Deus ajudará, quando eu não puder. Ele sonda, Ele orienta, Ele abençoa, Ele encaminha, Ele ampara, Ele cuida, Ele protege, Ele afaga, Ele ama, Ele faz, Ele desfaz, ele é Deus, e ponto final!

A questão é, que por mais que sejamos necessárias, não poderemos acompanhar cada passo, cada pensamento, cada fase, cada sentimento, cada lugar, cada escolha, cada direção… Mas ELE PODE!!!!! Sim querida amiga, ELE pode!!! E isso deve nos alegrar, porque podemos confiantemente entregar os nossos filhos para alguém que realmente pode fazer muito mais do que pensamos ou imaginamos!!! Alguém que tem caminhos mais altos que os nossos, cujos pensamentos não conseguimos alcançar!!!

Em Resumo…

A melhor coisa que nós mães podemos fazer por nossos filhos, é encaminhá-los para o Senhor. Enquanto estivermos aqui, neste mundo, poderemos ajudar, interceder, aconselhar, orar e amar. E quando não estivermos mais aqui, eles ficarão seguros nas mãos Daquele que os criou!!!

Com carinho para todas as mães,

Rosileni Mansano, 11/05/2019


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.